domingo, 22 de novembro de 2009

Morre Herbert Richers, pioneiro na dublagem de filmes no Brasil

|


Quem nunca ouviu principalmente na Rede Globo, no começo dos filmes "versão brasileira, Herbert Richers"? Frase clássica talvez que imortalizou principalmente nossas tardes. Ele Herbert Richers foi dono da empresa pioneira que leva seu nome. Morreu nesta sexta feira, 20, aos 86 anos com problema renal.

Richers nasceu em Araraquara, interior de São Paulo, em 11 de março de 1923 e se mudou para o Rio em 1942, onde fundou, em 1950, a companhia que leva seu nome.
Atualmente, a empresa possui um dos maiores estúdios de dublagem da América Latina e é responsável por grande parte dos filmes exibidos em português no país.

Retirado do Folha Online

3 comentários

New disse...

Ele merece os méritos. No entanto, eu ODEIO filme dublado...
Beijos

Marc disse...

Eu já acostumei com legendas, a dublagem faz perder muito a emoção do filme...

Motorronda disse...

Hehehe, essa eu não sabia. xD
"Herbert Richers". Pra mim era. Erbert richers, ou algo do tipo. heuHEUSHE
Interessante esse post cara, continua! o/

Postar um comentário

Leu tudinho? Não saia sem comentar, okay?